#11: Rock é coisa de garota adolescente

Como assim o rock tá de volta com tanta força? E o que isso tem a ver com garotas adolescentes e como Eurovision? E é sério que a Taylor Swift deu uma enorme rasteira na Olivia Rodrigo na semana passada? E em que sentido a IZA e a Luisa Sonza tem carreiras que são totalmente opostas? E quem tem a estratégia pós-BBB mais inteligente, a Juliette ou o Gil do Vigor? E como assim uma das atrizes de comédia mais bem-sucedidas dos EUA é de uma das famílias mais ricas dos país e foi coroada como uma princesa supremacista branca aos 19 anos? Essas e outras questões são respondidas por André Perez no Tá Causando dessa semana.

Segmento 1.1: Rock é coisa de garota adolescente

O meme que abre o episódio

Musicas utilizadas:

“good 4 u” de Olivia Rodrigo
“Misery Business” do Paramore
“Whip My Hair” da WILLOW
“Wait a Minute!” da WILLOW
“t r a n s p a r e n t s o u l” (feat. Travis Barker) da WILLOW

Bullet points

  • Faz anos que garotas adolescentes são as principais consumidoras de rock e agora elas são as responsáveis diretas por reviver o estilo, que volta as paradas do mundo graças ao fenômeno Olivia Rodrigo (19), cuja música “good 4 u” é atualmente número 1 global.
  • Nos Estados Unidos, WILLOW escala o top 50 do Spotify com “t r a n s p a r e n t s o u l”, atualmente na posição #33 do Spotify.
  • Filha de Will Smith e Jada Pinkett-Smith, WILLOW teve um breve momento de estrelato com o sucesso de “Whip my Hair”, seu primeiro single, lançado quando ela tinha 10 anos. Desde então, ela optou por abandonar o pop comercial e se dedicar ao rock, R&B alternativo e pop experimental, lançando três álbuns solos independentes, vários EPs e um álbum colaborativo.
  • “Wait a Minute!”, uma música do seu primeiro álbum, “Ardipithecus”, lançado em 2015, viralizou quatro anos depois graças ao seu uso no TikTok. Com quase 400 milhões de stream no Spotify e mais de 90 milhões no YouTube, foi seu primeiro hit em quase 10 anos.
  • Liderada por Hayley Williams, a banda de rock estado-unidense Paramore foi uma das mais influentes dos anos 2000. O álbum mais bem-sucedido do grupo foi o segundo, Riot!, lançado em 2007. Tanto o álbum quanto o single mais popular dele, “Misery Business”, estão tendo um revival graças a nostalgia inspirada por “good 4 u”, que tem clara inspiração nos hits do grupo. Mashups com as duas músicas tem viralizado nas redes sociais.
Um dos mash-up mais populares entre “good 4 u” e “Misery Business”

Segmento 1.2: Rock e Eurovision

Musicas utilizadas

“I WANNA BE YOUR SLAVE” – Maneskin

Bullet points

  • Eurovision é uma competição de canções originais que é um enorme sucesso de público e repercussão anualmente na Europa. Cada país que integra a European Broadcast Union (que inclui países da Euroasia, Israel, Russia e Austrália) apresenta uma canção original e o público e o jurado escolhe um país como vencedor.
  • Os vencedores mais celebres do Eurovision são o ABBA que foram revelados ao ganhar a edição de 1974 pela Suécia com Waterloo.
  • Celine Dion também foi revelada no concurso. A franco-canadense representou a Suíça em 1988 e ganhou com a balada “Ne partez pas sans moi”.
  • O país do ABBA, a Suécia, é um país que leva música pop muito a sério. Não à toa, o maior produtor da história do estilo, Max Martin, é de lá e o Spotify também foi um serviço criado no país. Eles também são o país com mais vitórias na competição (6) além de já terem ficado no top 5 25 vezes.
  • Antes do Eurovision, a Suécia faz o Melodifestivalen, um concurso tão grandioso quanto onde o público e o jurado decide a música que vai representar o país no Eurovision. Vários dos artistas mais populares da Suécia participa e diversas músicas apresentadas viram grandes hits no país.
  • A inspiração do Eurovision veio do Festival di Sanremo, um festival de música da Itália que segue com grande popularidade até os dias de hoje. Ironicamente, na década de 90, quando a popularidade do Eurovision estava em queda, a Itália resolveu parar de participar da competição. Enquanto o Eurovision não gozava de grande popularidade no país, o San Remo seguiu um dos eventos televisivos mais populares até o dia de hoje.
  • A partir de meados dos anos 2000, a produção do Eurovision ficou mais grandiosa e o evento voltou a crescer em popularidade em toda a Europa. Em 2011, a Itália voltou a concorrer pela primeira vez em mais de uma década. Enquanto 56 países fazem parte da European Broadcast Union, o Eurovision só tem espaço para 26 deles, de modo que os 26 finalistas são decididos em duas semi-finais. Porém, os 5 países que são os maiores mercados televisivos da Europa, e por tanto os maiores contribuintes financeiros da EBU, tem entrada garantida anualmente: Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Espanha.
  • Em 2020, por causa da pandemia, o Eurovision foi cancelado. A música vencedora de 2019, “Arcade” do holandês Duncan Laurence, virou um hit global dois anos mais tarde depois de viralizar no TikTok.
A performance ganhadora de “Arcade”no Eurovision em 2019
  • Depois da volta da Itália ao Eurovision, o vencedor do Festival di San Remo é o representante do país no Eurovision. Antes da competição ir ao ar, as músicas finalistas mais populares no Spotify eram “Voce” da rapper Madame e “CHIAMAMI PER NOME” do rapper Fedez com Francesca Michielin. Fedez, um rapper veterano estabelecido e casado com a maior it girl do país, Chiara Ferragni, era o favorito para ganhar.
  • Porém, os grandes vencedores do San Remo foi a banda de rock de Roma, Maneskin. Desde que eles ficaram em segundo lugar na edição de 2017 do X Factor local, eles são uma banda de enorme sucesso e o público, sedento por um rock nostálgico, escolheu a entry deles, “ZITTI E BUONI”, como a favorita. A canção foi para o topo das paradas italianas imediatamente depois do Sanremo.
“Voila” de Barbara Pravi era a favorita para ganhar o Eurovision
  • No Eurovision, as mais bem cotadas para ganhar eram as baladas em francês “Voila” de Barbara Pravi (França) e “Tout l’univers” de Gjon’s Tears (Suíça). As músicas ficaram respectivamente em segundo e terceiro lugar.
  • “ZITTI E BUONI” foi a favorita da Europa e a banda de rock Maneskin virou uma sensação em todo o continente. A música alcançou o topo de vários países europeus e o nono lugar na parada global do Spotify e outra música deles, “I WANNA BE YOUR SLAVE”, também virou um hit. No Reino Unido, eles foram os primeiros artistas a emplacarem uma música em italiano no top 40 desde Luciano Pavarotti 19 anos antes.
A performance sensação de Maneskin no Eurovision 2021

Segmento 2: Personagens da Semana

Billie Eilish

Lançou seu segundo single, “lost cause”, em que confirma sua nova imagem mais sexy e anunciou uma turnê mundial para o álbum “happier than ever” para 2022, já totalmente esgotada.

O novo single de Billie Eilish trás ela com nova imagem sexy

Música utilizada: lost cause – Billie Eilish

Taylor Swift

Quebrou recorde de vendas de vinil com o lançamento do LP de “evermore”, seu último álbum. Para assegurar o número 1 e conseguir desbancar Olivia Rodrigo, que tinha uma segunda semana no topo quase que assegurada, ela fez várias manobras de último minuto. No fim, ela conseguiu desbancar a “rival”.

Música utilizada: willow – Taylor Swift

IZA

Lançou novo single, “Gueto”, com um clipe lindíssimo. Analiso o aclame que ela obtém dentro da indústria e a dificuldade que ela tem para realmente deslanchar com o grande público.

Música utilizada: Gueto – IZA

Luisa Sonza

Por causa de ameaças online e hate, Luisa Sonza faz um break de internet e adia o lançamento do seu álbum. Analiso a faca de dois gumes que o interesse na vida pessoal da cantora representa para a cantora, valorizando ela como produto mas afetando a saúde mental dela como pessoa.

Música utilizada: BRABA – Luisa Sonza

Juliette, Gil do Vigor

Analiso as estratégias opostas de Juliette e Gil, as duas estrelas do BBB21. Ela tem dito não para a maior parte dos convites, demorou 1 mês para negociar uma extensão de contrato com a Globo e parece dar sinais que quer priorizar a carreira de cantora para se manter no topo a longo prazo. Ele, que diz querer continuar sua carreira de acadêmico, parece estar abraçando todas as oportunidades de uma vez: assinou imediatamente com a Globo, é presença quase diária na emissora, lançou livro em 1 mês e estrela campanhas televisivas grandiosas da Casas Bahia, do Bis, do iogurte Vigor, do banco Santander, dentre outros.

Segmento 3: Cancelados da semana

  • Juliana Paes com sua falsa “neutralidade” fascista e os vários globais Bolsominions que apareceram em seus comentários.
  • Ellie Kemper, atriz de comédia revelada em “The Office” e estrela de “Unbreakable Kimmy Schimit”. O Twitter descobriu que ela é de uma das famílias mais ricas do mid-west dos Estados Unidos e que, aos 19 anos, ela foi a rainha de um baile de debutante ligado a movimentos supremacistas brancos e anti-classe trabalhadora.
  • “Jupiter’s Legacy”, a custosa aposta da Netflix que tinha a esperança de transformar a série, baseada em um comic, em uma franquia forte.

Segmento 4.1: Lançamentos da semana (música)

Músicas utilizadas

“BEBÊ” – Camilo, Gusttavo Lima
“Late at Night” – Roddy Ricch
“Love Again” – Dua Lipa

Músicas mencionadas: “Todo de Ti” (Rauw Alejandro); “Hats Off” (Lil Baby, Lil Durk, Travis Scott – do álbum recém-lançado “Voice of the Heroes” de Lil Baby e Lil Durk); “By Your Side” (Calvin Harris; Tom Grennan); “Little Bit of Love” (Tom Grennan); “Last Train Home” (John Mayer)

Série mencionada: “The Song Exploder” (disponível na Netflix, episódio da Dua Lipa)

Segmento 4.2: Lançamentos da semana (séries, filmes)

  • Dom“, primeira série brasileira do Amazon Prime estrelando Gabriel Leone e produzida pela Conspiração com direção de Breno Silveira.
  • Sweet Tooth“, série recém-lançada da Netflix de fantasia pós-apocalíptica que está no topo dos mais vistos e está sendo aclamada pela crítica.
  • Os novos episódios de “Rugrats“, disponível no Paramount Plus dos Estados Unidos.
  • A segunda temporada de “Why Woman Kill“, série que é um sucesso de crítica nos Estados Unidos mas é um verdadeiro fenômeno na China, onde é a série gringa mais bem cotada no Douban (o equivalente local, e ainda mais influente, do IMDB). Nos Estados Unidos, os novos episódios estão disponíveis na Paramount Plus. No Brasil, a série está na Globo Play e, em Portugal, na HBO GO.
  • O filme “Carnaval“, comédia teen da Netflix estrelando a influencer de humor GKay.

Segmento 5: Positivity

O especial “Inside Bo Burnham”, disponível na Netflix.

O meme das cores invertidas (exemplos aqui, aqui e aqui).

Conclusão

Musica utilizada: Sk8er Boi – Avril Lavigne

Leave a Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s