Selena Gomez não quer que países pobres se imunizem

Músicas usadas no episodio

Hands to Myself – Selena Gomez (segmento “VAX Live”)
Baila Conmigo – Selena Conmigo (segmento “VAX Live”)
Tombei – Karol Conká; Tropkillaz (segmento “Cancelados da semana”)
Star Wars Theme (segmento “Guerra dos streamings”)
Girl from Rio – Anitta (“Personagens da Semana”)
Carioca Girls – Max Lewis (“Personagens da Semana”)
Ocean Eyes – Billie Eilish (“Personagens da Semana”)
Bad Guy – Billie Eilish (“Personagens da Semana”)
Lula Lá (versão funk) (“Personagens da Semana”)
Your Power – Billie Eilish (encerramento)

VAX Live
As fontes de informações citadas sobre Bill Gates e “VAX Live” são “Journalism’s Gates keeper” do Columbia Journal; “How Bill Gates Impeded Global Access to Covid Vaccines” do The New Republic e o episódio do episódio do podcast progressista CitationNeeded sobre o assunto.

Cancelados da semana
Militem menos: a controvérsia do Jeopardy
“Karol Conká: A vida depois do tombo” e “Casa Kalimann”, disponíveis no Globoplay.

Guerra dos streamings
A guerra das franquias e as mudanças de estratégias é debatida aqui.
Disney/Disney Plus: séries Marvel; séries “Guerra nas Estrelas”; série “High School Musical: The Musical: The Series”; série “The Mighty Ducks”; reboot “Doogie Howser M.D.”; série baseada em “The National Treasure: ; desenhos em série de “Carros”, “Big Hero 6”, “Buzz Lightyear” e “The Princess & the Frog”; série baseada no best-seller “Percy Jackson”; spin-off da animação “Rio”. Filmes: spin-off de “A Era do Gelo”; live-action de “Lilo & Stitch”, “Pinochio” e “Tico e Teco Os Defensores da Lei”; reboots de “O Pai da Noiva” e “Esqueceram de Mim”; “Mudança de Hábito 3”; “Hocus Pocus 2”; “Enchanted 2”.
Disney/Hulu: “9 Perfect Strangers” com Nicole Kidman, Melissa McCarthy e Octavia Spencer; séries com Amanda Seyfried, Amy Schumer e Michal Cera, Selena Gomez com Steve Martin; “PEN15”; “Remy”; “How I Met Your Father” com a Hilary Duff; novos episódios de “Animaniacs”.
Viacom/Paramount Plus: franquia RuPaul Drag Race; franquia Jornada nas Estrelas; nova temporada de “iCarly”; continuações de “CSI: Las Vegas”, “NCIS”, “Criminal Minds”; “Jersey Shore: Family Values”; “The Real World”; reboot “Rugrats”; “Younger”; “Pistas de Blue”; “Patrulha Canina”; “Dora, a Aventureira”; spin-offs de “Bob Esponja” e “Avatar: The Last Airbender”; “Yellowstone”; séries inspiradas nos filmes “Flashdance”, “Grease”, “Love Story” e “Uma Saída de Mestre” e no video-game “Halo”.
Multi-streaming deals: Mindy Kailing; Taika Waititi; Amy Schumer; Selena Gomez.

Personagens da semana:
Anitta; Billie Eilish; Lelush do “CHWANG 2021”

Positivity:
“Dix pour Cent”/”Call my Agent”, disponível na Netflix mundialmente

As fotos da festa ficaram ótimas

Essa semana, o grupo pop com investimento multi-milionário que já nasceu cancelado e o tipo de cultura inútil que só o Tá Causando é capaz de difundir, como a música mexicana que está quebrando todos os recordes no Spotify e é o maior fenômeno que o país já viu desde o RBD. Guerreiro, André ainda aguentou 3 horas de Oscar para contar tudo para vocês e poupá-los do trabalho de assistir. Além dos highlights da cerimônia, ele conta porquê é uma certeza que a premiação vai ter a menor audiência de sua história e faz lamentações sobre o tapete vermelho. E mais: as séries da HBO e da Amazon Prime que estrearam com um histórico para lá de complexos.

Oscars

Saudades de um vestido causador, né minha filha?E

Oscars

Como previsto por mim no podcast, os Oscar tiveram a audiência mais baixa em sua história.

Também mencionei um artigo escrito por Sofia Coppola em que ela crítica a cultura contemporânea de tapete vermelho. O artigo em questão foi escrito para a W Magazine e está disponível aqui.

Dados de bilheteria nos Estados Unidos podem ser vistos no BoxOfficeMojo. Também citei o desempenho fantástico de “Druk – A vida é uma festa” na Dinamarca. Como reportado aqui, o filme levou 802 mil pessoas para o cinema apesar da pandemia do COVID fechando as salas por um grande período do ano. O país tem 5.8 milhões de pessoas.

Cancelados da semana

As canceladas da semana foram a Tramp Stamp, um grupo que apesar de um backing poderos já nasceu cancelado. O backlash contra elas no TikTok pode ser visto aqui. O vídeo do Anthony Fantano, o principal music vlogger dos Estados Unidos, sobre o backlash pode ser visto aqui.

O outro cancelado da semana foi o super produtor Scott Rudin, que teve anos de assédio moral exposto numa matéria de capa da revista Hollywood Reporter. A matéria pode ser lida aqui.

E, claro, a harmonização facial de Zac Efron foi a outra grande notícia. No Brasil, o rosto inchado foi amplamente comparado com Eduardo Costa.

Músicas utilizadas foram: “I’d Rather Die” (Tramp Stamp); “Say So” (Doja Cat) e o remix de “Say So” com “Tcheca” (Danny Bond).

Lançamentos da semana

A música “Botella tras botella”, uma colaboração entre o rapper Gera MX e o cantor de música tradicional mexicana Christian Nodal, foi o grande fenômeno da semana no México, quebrando recordes históricos no Spotify.

Outra música utilizada foi o remix de “Save Your Tears” de The Weeknd com Ariana Grande.

Os filmes foram “Stowaway” (“O passageiro acidental”), o novo lançamento da semana da Netflix dirigido por Joe Penna, brasileiro que foi um dos primeiros grandes Youtubers da história sob o pseudônimo “Mystery Guitar Man”, e “Mortal Kombat”, lançado na HBO Max nos Estados Unidos e, de maneira simultânea, nos cinemas.

As séries mencionadas são

Netflix: A série de fantasia “Shadow and Bone”; a série fenômeno da America Latina “Luis Miguel, La Serie”; “The Serpent” (“O Paraíso e a Serpente”); “David Attenborough’s Life on Colour”
HBO: “The Nevers” de Joss Whedon e “The Mare of Easttown”, protagonizada por Kate Winslet.
Amazon Prime: “Them” (“Eles”) de Lena Waithe do Amazon Prime.
Disney Plus e conglomerado Disney: “Falcão e o Soldado Invernal”, a nova série da Marvel no Disney Plus. A nova temporada de “O Conto de Haia” ou “Handmaid’s Tale” do Hulu, a nova série teen de mistério “Cruel Summer” do Freeform e “Rebel”, a série baseada em Erin Brokovich da ABC.

Positivity: “Amarelo, Azul e Branco” – Anavitoria

O dia que Taylor Swift achou de bom tom flertar com a extrema direita

Taylor Swift x Scott Borchetta x Scooter Braun

Fusões

Lixão do André

OpinIão de merda

Positivity

Pablo Alborán.
Músicas usadas: “No Vayas Ser” e “Vivir”.

Tu tá zoando que você tem algo ruim pra falar dela?!

Sério?

André abre o episódio falando sobre uma matéria da Variety, Inside the Dirty Business of Hit Songwriting onde compositores expõe grandes artistas por obrigarem eles a incluir eles nos créditos como produtores e compositores das músicas mesmo quando eles não participam do processo criativo. Isso se dá para garantir valiosos royalties mas também porque é essencial para imagem de uma estrela ser visto como um “artista completo”, responsável integralmente pelo seu próprio material. Depois anedotas de Dolly Parton e Elvis Presley nos anos 60 e de destacar os pontos mais importantes da matéria, André dá nome aos bois dos artistas que nem sempre compõem suas músicas apesar de sempre terem créditos.

E, correndo o risco de ser cancelado definitivamente, André aponta uma das artistas que tem enorme reputação na imprensa por fazer isso: Beyoncé.

Guerra de streamings

“Caroline Life: Her Life & Death””

O meu documentário favorito de todos que assisti, ele está disponível no 4oD para quem mora no Reino Unido ou tem VPN mas também está disponível no YouTube, infelizmente sem legendas

 

Entrevista com Meghan Merkle

No Brasil, a entrevista está disponível no GloboSat Play para assinantes de pacotes de TV a cabo que incluem os canais da GloboSat. Para quem tem VPN e não se incomoda em ver sem legendas ou apenas com legendas em inglês, a entrevista está temporariamente disponível no Hulu dos EUA e no ITV Player no Reino Unido.

Personagens da semana

  • Seguindo a cartilha da “fabricação do consenso” explicada por Noam Chomsky, a imprensa e o establishment britânico se juntou para criar enorme comoção em torno da morte do Principe Phillip. Não deu certo: o público desligou a TV para não ter que assistir a cobertura excessiva.
  • Já a comoção em torno da morte do DMX surpreendeu, com o catalogo dele tomando conta do top 50 do Spotify e do Apple Music nos EUA. Histórias sobre ele — como o dia que ele ajudou uma garota escoteira ou ajudou os funcionários do Waffle House a faxinar o restaurante em plena madrugada — viralizaram nas redes sociais.

Lixão da semana

O hit “Disco Arranhado” de Malu. Eu esperava outra coisa de uma homenagem as caminhoneiras…

Lançamentos da semana

  • Na música, o maior lançamento da semana foi “Rapstar” do Polo G que tá em #1 no Apple Music e Spotify dos EUA. Mas meu lançamento favorito foi “Kiss Me More” da Doja Cat com Sza cujo clipe achei legalzinho.
  • Não teve novo Kid Cudi mas ele causou cantando de vestido no Saturday Night Live em uma homenagem ao Kurt Cobain.

meghan oprah

  • Guerra para o #1 no Hot 100 essa semana: “Leave the Door Open” de Bruno Mars com Anderson .Paak vs. “Montero (Call Me By Your Name)” do Lil Nas X.
  • Bombando no Disney Plus: nova série da Marvel, “The Falcon and the Winter Soldier”.
  • Bombando na Netflix: “Quem Matou Sara”, a série mexicana, é a mais assistida do mundo. Outros lançamentos badalados incluem as britânicas “The Serpent” e “The Irregulars”. Já a nova série espanhola, “Sky Rojo”, dos criadores de “Casa de Papel” parece tá passando um pouco despercebida…
  • Também na Netflix, “Thunder Force”, filme de comédia e ação estrelando Melissa McCarthy e Octavia Spencer e novos programas licenciados: o anime “Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba”; o drama coreano “Vicenzo” e a série estado-unidense “New Amsterdam”.
  • No Prime Watch, o destaque é o desenho animado adulto “The Invincible”, baseado no HQ de Robert Kirkman com as vozes de Steve Yeun, Sandra Oh e J.K. Simmons.
  • Na HBO Max, a novidade é a série original “Made for Love” que tem recebido boas críticas.

Positivity
Meu podcast favorito: “Feices” de Maqui Nobrega.

Músicas usadas no episódio:

  • “Ruff Ryders’ Anthem” – DMX
  • “Fiel” – Los Legendarios, Wisin, Jhay Cortez
  • “X Gon’ Give It To Ya” – DMX

Erratas

  • No podcast, falo que Messy Mya é uma rapper. Na verdade, ele é um homem.
  • Eu falo que Rian Johnson dirigiu “Jurassic World” e na verdade o confundi com Colin Trevorrow. Johnson de fato dirigiu “Star Wars: The Last Jedi” e Trevorrow iria ser responsável pelo Episódio III mas, devido a má recepção do filme de Johnson, ele foi substituído por JJ Abrams, uma aposta mais ‘segura’.
  • Eu disse que a Universal gastou 150 milhões de dólares recuperando os direitos de “The Office” para colocá-lo na Peacock. Na verdade, foi 500 milhões: 100 milhões por temporada.
  • O nome do filme novo da Warner Bros não é “Kong vs. Godzilla” mas sim “Godzilla vs. Kong”.